segunda-feira, agosto 17

CÂNCER E SUPERAÇÃO




          Há cinco anos um grande amigo meu, daquele tipo que está mais pra irmão do que pra amigo, o desembargador federal do trabalho José de Alencar escreveu em seu blog o primoroso artigo “VENCENDO O CÂNCER”. Nele Alencar fala sobre o índice da incidência, os exames que sinalizam e os que confirmam a existência do câncer de próstata, reflete sobre o preconceito machista ante o toque retal, desmistifica esse exame e evidencia a necessidade desse exame no tratamento do câncer de próstata em seu estado inicial.

      Foi na postagem de 3 de setembro de 2010 do Blog do Alencar. Onde ele narra a experiência que viveu no tratamento cirúrgico do câncer de próstata, confessando que foi submetido dias antes à extração radical daquela glândula do corpo masculino. Ele descreve desde as as medidas pré-operatórias, o tratamento no hospital e em casa, registra a importância da fisioterapia no pós-operatório e o fator crucial do apoio que recebeu dos familiares e conclui dizendo que o câncer o colocou “cara a cara com a finitude da vida, da qual passei a ter, reconheço, outra compreensão, outra visão. Valorizo cada instante, por mais simples e singelo que seja. Como faziam os antigos, carpe diem...”.

          Ele agradece a seu médico urologista, Dr. Júlio Bernardes e a todos os médicos e paramédicos que o assistiram, acrescentando que se um dia fosse escrever suas memórias, o capítulo referente a 2010 teria certamente por título “O Ano do Câncer” e conclui dizendo “Resolvi tornar pública esta experiência para ajudar os homens que tinham dúvidas sobre o toque retal. Alguns são salvos pelo gongo, outros pelo toque retal...foi o meu caso. E pode ser o seu, meu caro amigo”.

          Hoje meu amigo-irmão Alencar vive uma vida tranquila como qualquer homem. “Tira de letra” os momentos difíceis que qualquer um de nós tem na vida e como de seu feitio, encara desafios pouco comuns. Voltou recentemente de uma longa viagem em sua potente Harley Davidson, que começou em Manaus, atravessou o norte da América do Sul, a América Central, a América do Norte e chegou ao círculo polar ártico.   

          Em http://blogdoalencar.blogspot.com.br/2010/09/vencendo-o-cancer.html, você lê todo o artigo do Alencar e o câncer. Vale a pena ler.

        Parafraseando o Alencar, “Por que todo eese lero?”

        Porque este amigo de vocês, nesta terça-feira, dia 18 de agosto de 2015, vai encarar o mesmo desafio que o Alencar enfrentou na terça-feira, dia 17 de agosto de 2010, uma cirurgia radical de próstata.

    Passei por todas as etapas prévias descritas pelo Alencar, submetendo-me a todos os exames necessários. Pra minha felicidade como o foi para o Alencar, meu câncer está em sua fase inicial e localizado unicamente na próstata. Assim, tanto quanto se deu com ele, tenho certeza de que será apenas mais um desafio que superarei com a mesma firmeza e determinação que superei o trauma do acidente sofrido no Uruguai, no início deste ano, quando tive implantada em meu fêmur direito uma haste de titânio e hoje me desloco se não tivesse sofrido o acidente.

          Quando eu estava acamado em razão do acidente no Uurguai, me via sempre no depois da cirurgia, realizando minhas metas para 2015. Uma técnica de que tomei conhecimento ao ler sobre Viktor Frankl e a Logoterapia, modalidade de psicanálise desenvolvida por ele que se fundamenta na busca do sentido da vida Frankl sofreu os horrores do holocausto e sobreviveu porque sempre se via são e salvo, depois que se passasse aquela triste página da História.

    Muitas das metas que eu visualizava realizadas, naquele momento complicado da minha vida, já estão concretizadas. Mas há outros objetivos ainda por materializar. Eu tenho certeza de que isso vai acontecer. Em primeiro lugar pela absoluta crença em Deus. Depois pela superação de momentos difíceis por que já passei. Some-se a isso a plena confiança, na competência, na ética, no humanismo cristão de meu médico, Dr. Júlio Bernardes e sua equipe e também, na vibração positiva e nas orações dos amigos e amigas.

         Quero sim após a experiência da cirurgia prostática, continuar valorizando  “cada instante, por mais simples e singelo que seja”, como narra Alencar em seu artigo, também concorrer para a superação do preconceito contra o toque retal ainda presente nos machistas empedernidos que talvez não tenham muita convicção de sua masculinidade, como diz o Alencar, e também enfatizar a importância de cada um e cada uma ter bem nítidos seus objetivos de Vida e, mesmo nos momentos difíceis, aliás  principalmente neles, nunca perder de vista o que os move nesta existência.

          Minha cirurgia será como eu disse, nesta terça-feira, dia 18 de agosto. Ficarei hospitalizado por cinco dias e depois mais trinta dias em repouso em casa. Voltarei ao convívio inclusive virtual com vocês, depois desse período (ou quem sabe, antes rsrs).

Mais sobre Logoterapia:

http://www.osentidodavida.com.br/a_logoterapia_e_o_sentido_da_vida.html

2 comentários:

  1. Meu caro amigo-irmão Octavio Pessoa, assim será, com toda certeza!

    ResponderExcluir
  2. Vc eh determinado e um homem de fé !! Logo estará trazendo esse episódio como um conto narrado e de grande valia para servir de apoio a tantos outros homens que possam viver algo semelhante! Um abraço desde do Recife

    ResponderExcluir