sexta-feira, janeiro 11

SÃO PAULO TEM AGORA COMIDA BOA E BARATA


Nas minhas andanças de fim/início de ano, quando garimpo  novidades e procuro me atualizar, este ano, aqui na Pauliceia Desvairada, onde me encontro, além de rever parentes e amigos, e de curtir as boas coisas da maior cidade da América Latina, encontrei algo excepcional, que eu compartilho com você, amigo leitor.

      Sensacional sacada do Badauí, da  Banda CPM22, do chef do Restaurante do Sal, em Higienópolis, Henrique Fogaça e do promoter Kichi, o bar e restaurante "Cão Véio", com que  homenageiam o melhor amigo do homem, que é tema e motivo da decoração dos ambientes.  

         Do meio-dia às 3 da tarde, é um excelente restaurante. A partir daí, vira um bar. No "Cão Véio" rola muito jazz, blues e hardcore, até meia-noite, quando um sino anuncia aos presentes que é hora de fazer o último pedido. 

         O que há de melhor é a comida. O cardápio não é extenso, mas os pratos são gostosos,   fartos e “not expensive”, o mais interessante. Aliás, essa é a proposta dos donos desse agradável bar e restaurante: romper com a tradição da comida cara dos restaurantes de São Paulo. Por tudo isso, passarei a ter uma fidelidade canina ao “Cão Véio”. Vale a pena. 

  O "Cão Véio" fica na Rua João Moura, 871, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Recomendo. 


Com Badauí, Edu Passarelli (carta de bebidas) e Henrique Fogaça, eu e minha família.



2 comentários:

  1. Octávio, eu já gostei da proposta temática do "Cão Véio. Valeu pela informação.


    Mauro

    ResponderExcluir